27 de jan de 2012

Em terras estranhas

Prezados Leitores.

Saúde e Paz a todos.

Os acasos da vida fizeram com que eu retornasse a Capital Pernambucana, a Veneza Brasileira: Recife.

Atualmente tenho duplo domicílio, faço a ponte João Alfredo-Recife, semanalmente.

Trabalhando aqui e buscando meus objetivos.

Saudades do meu torrão todos os dias, nada contra Recife, mas segundo Daniel Soares, já dizia seu Pai o Sr.
Pedro Soares: “Em casa, até a própria Dor dói menos”.

Continuarei escrevendo alguma coisa, mas de João Alfredo passo a não ser mais uma fonte de informação atualizada, pois estou distante da “Cidade Feliz”, mas continuo escrevendo.

Um grande abraço a todos e segue a frase do dia:

“Pelo amor de uma rosa, o jardineiro é servo de mil espinhos.”
                                                                                              Turquia