12 de mar de 2011

Bons tempos aquele em que os Correios funcionavam ...

Ao pensar que receberemos qualquer correspondência ou encomenda pelos Correios em João Alfredo (PE), causa arrepios.

É caótica a situação da nossa Agência dos Correios.

A estrutura dos Correios em João Alfredo (PE) não acompanhou o crescimento da cidade que entre o Senso de 2000 e o Senso de 2010 segundo o IBGE nossa população cresceu 13,74%, atualmente temos 30.735 habitantes.
É um aumento considerável.

Parem e analisem quantas microempresas abriram durante esse período, quantas casas foram construídas, e a estrutura dos Correios em João Alfredo não mudou: 03 funcionários (02 Atendentes Comerciais e 01 Carteiro).

Além disso, temos também um agravante o Banco Postal foi criado e passa a ser operado pelos Correios, são duas instituições em uma só estrutura.

O Correio vai de encontro às leis da Matemática onde 01 Carteiro entregará correspondências de 30.735 pessoas, com freqüência mínima de 03 vezes por semana, segundo Portaria do próprio Correio que regulamenta a freqüência de entrega de correspondências.

Ai haja sofrimento.

Correspondências atrasadas;
Pagamento de contas em atraso, pagamento de juros;
Encomendas atrasadas;
Acúmulo de serviços;
Atraso do Atendimento na Agência;
População revoltada...

Em fevereiro/2011 encaminhei um e-mail para vários setores dos Correios e até para o Ministro das Comunicações relatando nossa situação e pedindo providências.
Dia 03 de março por volta das 10h recebi no meu trabalho a visita do nosso Carteiro Sr Antônio acompanhando o Sr Roberto Malheiros (Gerente da Agência Regional de Caruaru, que responde por nossa Agência).
O Sr Roberto Malheiros em nome dos Correios pediu inúmeras desculpas e explicou a situação atual dos Correios no tocante ao déficit de mão-de-obra. Prometeu que buscaria de toda forma solucionar nossa situação, mas pediu paciência.
Até compreendo as dificuldades dos Correios representado pelo Sr Roberto Malheiros, mas infelizmente "O Pedido de Desculpas", não compensa o pagamento dos juros que pagamos pelas contas que são entregues atrasadas pelos Correios, e não evita o transtorno e o desrespeito que estamos sofrendo.

O  Problema é dos Correios e por lei deve ser resolvido assim rege o Art. 5º da Constituição Brasileira.

O meu Problema irei resolver cobrando a quem de direito.

Que fique bem claro que estou apenas fazendo valer meu Direito de Cidadão Brasileiro, não tenho necessidade de espaço na mídia e nem tenho pretensões políticas.

E vamos a Luta.

Correios se preparem, pois a batalha está apenas começando, pois sou Brasileiro e não desisto nunca.