14 de ago de 2011

Homenagem ao meu Velho Pai

Não poderia deixar de homenagear esse Homem que buscou sempre o melhor para nos ofertar.

Um Caminhoneiro simples, de personalidade forte, pra muitos meio grosso, mas nos ama a sua maneira.

Quem sabe essa "grosseria" que muitos veêm nada mais é do que uma armadura para proteger ou esconder um coração bom que mal cabe no seu corpo.

Pra muitos pode ser uma Pessoa qualquer, mas pra nós é a melhor pessoa do mundo, é o Nosso Pai.

Um fazedor de amizades, contador de historias (adoro sentar no alpendre do nosso sítio para ouvir suas histórias), um carisma ímpar, figura foclórica da nossa cidade.
Onde passa nas ruas de João Alfredo é cortejado com brincadeiras, todos gostam de soltar uma Piada pra Sr Benízio de Cajú, o velho "Bena".

Pra mim um exemplo de Cidadão.

Com ele apredemos a valorizar nosso nome, apredemos várias palavras: Caráter, Honestidade, Amizade, Bom Humor.


Obrigado Deus pelo Pai que tenho.


Feliz Dias dos Pais.


Te amo Pai.


E faço das palavras do Poeta MACIEL MELO as minhas palavras, é pra você esse poema:

O Filho do Cidadão

Se eu não fui o filho exato que quiseste
Nem ao menos o que imaginaste
Fui apenas um pouco o que fizeste
E nesse pouco eu ergui a minha haste
Tantas vezes em que me abraçaste
Eu senti o calor da tua mão
Aquecendo minhas culpas com o perdão
Me beijando, mostrando o lado certo
Os atalhos, os caminhos, os desertos
O abismo, a curva, a contramão.
Me perdoe se às vezes me permito
Que o acaso penetre em meus momentos
Me envolvendo com loucos sentimentos
Desatando os bridões da minha vida
Volta e meia, em becos sem saída
Dou de cara me deparo com a parede
Nos teus punhos eu armava minha rede
Nos teus braços estendia o meu colchão
Hoje sinto a falta de um sermão
Que em seguida me davas um confeito
Aprendi que jamais serei perfeto.
Ser seu filho é ser sempre um cidadão.

12 de ago de 2011

Frases do Dia

"Deus costuma usar a solidão para nos ensinar sobre a convivência. 
Às vezes, usa a raiva para que possamos compreender o infinito valor da paz. 
Outras vezes usa o tédio, quando quer nos mostrar a importância da aventura e do abandono. 
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar sobre a responsabilidade do que dizemos. 
Às vezes usa o cansaço, para que possamos compreender o valor do despertar. 
Outras vezes usa a doença, quando quer nos mostrar a importância da saúde. 
Deus costuma usar o fogo, para nos ensinar a andar sobre a água. 
Às vezes, usa a terra, para que possamos compreender o valor do ar. 
Outras vezes usa a morte, quando quer nos mostrar a importância da vida..."

(Fernando Pessoa)

11 de ago de 2011

Frase do Dia

"A Tolerância deve valer para as pequenas diferenças e convém aprender a relevá-las com facilidade. Falhas graves incompatibilizam o convívio."

Flávio Gikovate

8 de ago de 2011

Uma pequena leitura

Muitas vezes aparecem verdades que tentamos camuflar.
A mentira sempre existirá, por mal intenções, para evitar algum sofrimento...
Mas a verdade será sempre a verdade.
O Orgulho é o veneno que carregamos e bebemos pouco a pouco.
E como diz o Dito Popular:

"Não escolhemos o que colhemos, colheremos de toda forma, é inevitável a colheita: muito, pouco, bem ou mal. Mas existe a colheita, por outro lado o que plantamos, esse sim é escolhido por nós."

Pros amantes da Poesia, uma pequena leitura do Imortal "Cartola" interpretado por Beth Carvalho:


Homenagem Póstuma ao Poeta e Amigo: Biu Izidório

Prestamos aqui nossa singela Homenagem ao Poeta Violeiro e Repentista, agora Imortal: 
SEVERINO SILVA DE SOUSA, 41 anos.

Popularmente conhecido como "Biu Isidorio" ou "Biu Boizim".

Desencarnou ontem (07/08/11) por volta das 18h no Hospital PROCAPE em Recife-PE, Biu partiu nos deixando muitos ensinamentos, Deficiente Visual,  Casado com Edneide Cordeiro (também Deficiente Visual), conhecida com Neide de Zé Cordeiro, lançou uma sementinha no Mundo chamada "Maria Rita", o xodó da Família Cordeiro.



Biu apesar de suas limitações era ilimitado em seus ensinamentos, com Biu, por exemplo, tive várias lições:
·         Aprendi que aquilo que vemos é muito pouco quando partimos a enxergar com o Coração;
·         Aprendi que não existe limite quando queremos algo;
·         Aprendi que a Poesia é muito Rica e serve de Balsamo para nossas dores, e de alegria para nossas comemorações;
·         Aprendi também com Biu a ler as entrelinhas;
·         Aprendi que no Amor não existe limites, sejam eles visuais mentais ou motores, limites são para pequenos e não para quem ama;
·         Aprendi a entender que nossa missão quando cumprida partimos e por mais querido que sejamos temos que respeitar a vontade Divina;
·         Aprendi a chorar quando preciso e ser forte quando necessário;
·         Aprendi que o tempo é pouco e curto, e que o nosso preconceito nos impede de dizer o quanto amamos um "Amigo";

Mas a mais importante lição: Biu também me ensinou a ser feliz, por vários motivos:
·         Pelo simples fato de estarmos vivos;
·         Pelo ar, pela natureza, pelas flores... ; Pelos nossos defeitos e por nossas qualidades;
·         Por nossa Família;
·         Por nosso Trabalho;
·         Pelos nossos inimigos, é uma oportunidade de exercitarmos o perdão.
·         Enfim por mais empecilhos que haja temos motivos para sermos felizes.


Vai com Deus Biu Isidoro e saiba que ficaremos com a recordação dos bons momentos, das cantorias de violas, das risadas, das respostas espontâneas, da saída para tudo.
Sua mensagem foi entendida e sua missão cumprida e pode ficar tranqüilo que cuidaremos bem de Neide e de Maria Rita, que Deus te Guie.
Receba esse último verso do amante da Poesia, seu amigo e seu admirador, Benízio Filho  - Duy :


E pensar que olhando eu tava vendo
Vendo aquilo que se vê na escuridão
E você que sem olhos, mas com a Mão
Me mostrou o quanto eu tava  me perdendo

Tu ensinando e sem querer fui aprendendo
Que se vê melhor quando se vê com o Coração
E que a partida que completa a Criação
Fica saudades, mas não Sofrendo


Deus te chamou e quem sou eu pra questionar
Se minha fé e o meu Deus me Alivia
Se Maria Rita ficou pra nos consolar
Será pra Neide e para Nós grande Alegria

Sua Viola será sempre Venerada
E os seus versos serão nunca esquecidos
Saiba que por todos fosse sempre bem querido
E a poesia está agora enlutada

Não me despeço, mas fico aqui te dando um Tchau
Pois pra Poesia não existe um simples Fim
Nunca esquecido será o nosso Biu Boizim
Uma vez Poeta serás sempre um Imortal.



4 de ago de 2011

As Palavras falam por si só ....

É tao curto o amor, tao longo o esquecimento

 
Como não ter amado seus grandes olhos fixos.

A minha alma não se contenta em havê-la perdido.

Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda.
É tão curto o amor, tão longo o esquecimento.   

Porque em noites como esta, tive-a em meus braços,
a minha alma não se contenta por havê-la perdido.
Embora seja a última dor que ela me causa,
e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.

PABLO NERUDA 

Frase do Dia

"Não há maior sinal de loucura do que fazer uma coisa repetidamente e esperar a cada vez um resultado diferente."

Einstein