10 de set de 2011

Se nós Percebêssemos

29 de abril de 2000, após uma aula de GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES, do Curso de Pós-Graduação em Administração com ênfase em Marketing na FACAL, lecionada pelo Prof. Geraldo Aguiar (exemplo de um verdadeiro Nordestino), recheada de suas capacidades didáticas, e de um filme "Ponto de Mutação", ambos os ingredientes mudaram totalmente meu grau de Percepção.

Se Eu percebo Bem ou Mal? Não importa, o que importa é que estou percebendo mais do que antes, por exemplo:
  
  • Há quem me perceba como um jovem com atitude de um "moleque":
Percebo-me como uma pessoa atenta a detalhes, que percebe em tudo e em todos os motivos para extrair do homem um dos seus mais belos atos "Sorrir";

  • Há quem me perceba como um "Chato":
Percebo-me como uma pessoa regida pela Razão e Dignidade, buscando de todas as formas cobrar meus direitos e preservar o único patrimônio de um Pobre: "O Nome", como já dizia meu Avô Paterno, o saudoso "Antônio Clarinha";

  •  Há quem perceba Incompetência nos nossos Políticos (Eu também percebia):
Hoje percebo que a maioria dos eleitores não sabe escolher para si o que é Bom do que é Ruim, em  outras palavras: “A vergonha falta para os Eleitores e não para os Eleitos";

  •   Há quem esteja percebendo-me como uma pessoa que queira consertar o mundo;
Eu percebo que "Este País deve ser reconstruído, mas ninguém sabe quando vai ser terminado.", como disse Dominguinhos, temos uma parte de culpa pelo estado do mundo, como diz Flávio José: "... eu não dono do mundo / mas tenho culpa porque sou filho do dono...". O início  desta grande construção dar-se no nosso continente, país, estado, município, no nosso EU;

Moral da estória:
Se todos nós percebêssemos como as coisas deveriam ser percebidas, perceber-se-ia que a Percepção não seria mais a mesma.


Frase do Dia

"A razão nos engana mais freqüentemente que a natureza."

Marquês de Vauvernagues