21 de ago de 2015

O Otimismo

Mais uma vez iremos abordar o Tema "Crise" que tanto tem tomado as noites de sono de muitos brasileiros.

Segundo o Filósofo, Matemático, Cientista, Bibliotecário e Diplomata Germânico Gottfried Wilhelm Leibniz: 
"(...)Nesse sentido, todas as escolhas feitas tornam-se determinantes da ação."

Ao meu ver o que determina o resultado da Decisão é a Ação que tomarei, minhas escolhas e não o que mostrasse pela Situação, pelo Cenário. 

Exemplo: "No momento de Crise que estamos atravessando, certo é que dependendo da postura que tomarei em relação a situação poderei de certa forma, nunca senti-la, ou sentir de forma bem mais leve como o cenário irá mostrasse pra mim." 

Posso muito bem no momento de crise descobrir uma oportunidade de faturar, de ganhar, de lucrar, embora o ambiente mostre-se hostil.

É o velho ditado popular: "Na crise enquanto uns choram, eu vendo lenços."

Não quero aqui ser Sonhador, nem deixarei de ser Realista, proponho uma reflexão para que possamos ser como bem disse o Imortal Ariano Suassuna :"Realista Esperançoso".

A crise não é eterna, ela passa, e quando chega traz consigo um ensinamento, mas nossa mesquinhez só observa as ameaças e camufla as oportunidades.

Voltando a Filosofia Leibniz foi considerado o Pai do Otimismo, ou seja desde o século XVII que existe crise e não foi por isso que o Homem deixou de existir.

Como já disse o nosso Irmão Chico Xavier: "Isso também passa".

Crise não é momento de chorar, desesperar, enlouquecer, mas sim de refletir, acordar, sair da Zona de Conforto, que bem pregou Guimarães Rosa quando fala: "O Animal Satisfeito Dorme".


Nosso País e nosso Povo é muito maior do que nossa Crise.

E sem contar que temos um Pai, um Deus que nunca nos abandona, nós é quem o abandonamos por nossa imperfeição e pequinês.

Deus é tão perfeito e de suprema inteligência que criou a Dor para que não esqueçamos dele. Para que possamos aprender que "Bíblia não é Revista da Avon que a gente só abre pra fazer Pedido."

O Evangelho serve para agradecer, crescer e melhorar também e não apenas pedir.

Sejamos "Arianos Suassunas" em seu Otimismo Esperançoso.

Sejamos "Leibnizes", donos de nossa situação independente do cenário.

Viremos o Tabuleiro de Xadrez quando mesmo assim restar apenas o Rei e o Mundo Rir de nossa Cara, gozando de Soberba e dizendo que tudo acabou, nesse momento aparece a Força que não sabemos de onde vem, mas que ela existe.

Viremos o Tabuleiro de Xadrez.

Para fechar com Chave de Ouro um pequeno Vídeo para uma Reflexão:






20 de ago de 2015

A Resiliência e a PMPE um Romance Secular

Partindo da máxima: "Quem quer fazer faz, que não quer fazer arranja uma desculpa."

Muito bem provado isso fez a Equipe da nossa PMPE de João Alfredo, começando pela mal remuneração.
Certa vez pesquisando sobre o ranking da Policia Militar no Brasil e pasmem:
Nossa PMPE estava na 16 ª Posição, abaixo de Estado como Sergipe, que tem um PIB muito aquém do nosso PIB, mas fato é que num jogo de futebol o time perdendo de 1x0, seus jogadores não vão fazer gol contra.
É isso que percebemos na Equipe da PMPE em João Alfredo.

Profissionais bons e ruins tem em todo seguimento, aqueles que se sentem prejudicados que deem nome aos Bois, só posso falar por mim.

Apesar da falta de estrutura básica, viaturas sucateadas, e as pancadas de uma sociedade hipócrita que grita por justiça e ao mesmo tempo que faz conta:
"É mais barato eu corromper um policial do que andar dentro da lei."

Que grita contra a "arbitrariedade" de um Policial que o aborda.

Eis o exemplo de Resiliência - capacidade de um corpo que apesar de sofrer diversas agressões consegue manter seu estado normal.

Ao nosso Comandante Cap. Sérgio Gomes, SubComandante: Sgt Edinelson e demais equipe: EU TIRO O CHAPÉU

Segue as fotos de Resiliência da nossa PMPE:






SASSEPE -PE - O Purgatório do Funcionário Público de Pernambuco

Dia 11/08/15 tentei ligar para a Clínica Dioclécio Coutinho (Carpina) tentando marcar exames para minha Mãe (contribuinte do SASSEPE), fui informado que o horário que eu estava ligando não era permitido marcar, orientaram-me que eu ligasse às terças e sextas-feiras entre 6h e 7h da manhã.

Pois bem dia 14/08/15 comecei ligando das 6h em ponto até as 6:59h nesse intervalo fiz 20 ligações e não consegui.

Após o horário liguei preocupado com a Clínica, talvez o telefone estivesse quebrado, pra minha surpresa fui atendido e muito mal atendido com um ar de arrogância de uma funcionária mal treinada e mal educada que só tinha essa forma.

Pedi pra falar com a Gerência e não fui passado pra mesma.
E o pior de tudo é que me falaram que era normal.
Normal só se for pra Mãe de quem quer que seja, pra minha não. 

Não estou pedindo favor, pagamos Caro e muito Caro pra ser mal atendido por um sistema falido que nunca respeitou seus contribuintes.

Exijo providências para a marcação de Exames da minha Mãe, criem outro canal, contratem, façam o que tem que ser feito pois minha Mãe possui Direitos como qualquer brasileiro e percebo que tamanha incompetência e falta de respeito é crime contra o Estatuto do Idoso.

Esse será meu primeiro contato, os próximos serão Mídias Sociais e Imprensa.

Sou Brasileiro e não desisto nunca. 

17 de ago de 2015

Vamos pensar um pouco ???

É louvável toda manifestação popular desde que tenha foco e fundamentos para isso.

O Brasileiro principalmente o Nordestino tem alergia a uma palavra que é 90% de garantia de sucesso quando usado em qualquer que seja a meta, tal palavra: PLANEJAMENTO.

Que estamos atravessando uma Crise Financeira é fato, mas é fato também que toda crise traz legado consigo, um ensinamento, uma lição.
A Crise Financeira não me assusta, até porque não esqueci o Hino do nosso Querido Pernambuco:
"(...) Nova Roma de Bravos Guerreiros
Pernambuco Imortal, Imortal..."

Temos um histórico de Crescimento do nosso PIB estadual, temos uma Agricultura começando a reagir, Usinas moendo, Empreendimentos que agregam a Economia Ativa e Produtiva.

Não sou Economista e respeito muito os que são, pense numa coisa Complexa de se entender, mas como bom seguidor que sou do nosso Imortal Ariano Suassuna, ao invés de ser Pessimista, ou Sonhador, prefiro ser: "Realista Esperançoso".

Enquanto uns choram prefiro vender lenços a juntar-se no chororô.

Quanto estamos nas "Vacas Gordas", conta-se a dedo os Empresários que investem em seu Empreendimento, é só Boemia, Farras, Irresponsabilidades Consumistas em compras que não agregam em nada.
Na crise haja chororô:
Estou cortando minhas despesas todas.
Desde o primeiro dia que apresentaram-me a Administração de Empresas que sei que é lei do mundo dos Negócios para toda empresa, por menor que seja, e é natural como respirar, comer e dormir o seguinte hábito:
"Para o Crescimento de um Empreendimento é preciso Cortar Despesas e Aumentar Receitas"

A crise (com letra minúscula mesmo) pois somos Maior do que ela, é necessária par tirar o Homem da ZONA DE CONFORTO.
Zona de Conforto: é declarar morte de qualquer homem ou negócio.

Já dizia o Imortal Guimarães Rosa: "O Animal satisfeito dorme."

Quando uma onça come um bezerro passa dias dormindo, preguiçosa, quando está com fome anda quilômetros para caçar.

Nossa crise perigosa não é a Financeira e nem a Política, essas se resolve com Prudência e Medidas Pensadas e aplicadas.

Nossa Crise Perigosa é a Crise de Valores, onde leva-se em conta o"Parecer" ao invés de "Ser".
Vive-se uma realidade que não existe, esquece-se o nosso dever de cristão, de irmãos, de pai, mãe, filho e etc.
Essa sim merece um trabalho bem mais intenso, e pra resolver essa só mesmo EDUCAÇÃO, mas muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuita EDUCAÇÃO.

Com a preocupação de nossos governantes com a nossa Educação, num País onde um Professor é mal remunerado, mal preparado e desmotivado.

Faz-se de conta que o Professor Ensina, o Aluno faz de conta que aprende e nós fazemos de conta que tá tudo bem.

Essa eu tenho combatido todos os dias.

Educação meu Povo.

Vamos pensar que pensar não dói.