8 de mar de 2012

08 de Março - Dia Internacional da Mulher


Prezados Leitores.

Hoje 08 de março quero de coração parabenizar todas as Mulheres sem exceção.

Todas as Mulheres que foram cantadas por Milton Nascimento, Benito de Paula, Erasmo Carlos, Simonal, Geraldo Azevedo, Chico Buarque, Roberto Carlos.

Mulheres que foram temas de Cinema como Gabriela, Cravo e Canela; Dona Flor e Seus Dois Maridos, Joana D'arc, A Dama de Ferro, Cleópatra,...
  
Mulheres que foram pintadas por Leonardo Da Vinci, Pino Daeni, Claude Monet, Pablo Picasso.

Mulheres que foram inspiração de Poemas para Victor Hugo, Arnaldo Jabor, Machado de Assis, e etc.
Eu poderia passar o dia aqui buscando momentos em que a Mulher foi a inspiração de grandes feitos, mas não é essa a minha intenção.

Convido todos a parar e pensar um pouco sobre:
“Como seria um mundo sem as mulheres?”

  • Primeiro nos remetendo ao Gênesis, não teríamos Eva e nem Pecado, dessa forma não teríamos família e não teríamos nascido;


  • Nunca saberíamos o significado das Palavras: AMOR, PAIXÃO, SENTIMENTO, EMOÇÃO, BELEZA,...
  • Já pensou um mundo sem o perfume delas, sem seu charme?


  • Imagine um trânsito parado, o sinal fechado sem aquela Morena ou Loira com aquele vestido moldando seu corpo, o vento soprando contra ela e aqueles cabelos soltos, quem é homem sabe do que estou falando;


  • E nossa vida sem nos apaixonar, lá atrás no colégio, onde aparece o primeiro amor, quem nunca colocou espelho no tênis para ver as calcinhas das meninas? Eu mesmo já fiz isso, e sem mulher nada disso seria possível;


  • E o colo? Ah! Nada melhor do que um colo feminino para nos acalentar e repor nossas energias, quem pode calcular o valor de um cafuné feito por nossa Mãe, Esposa ou Amiga?


  • A Beleza da mulher faz o mundo ser mais mundo, quer ver uma coisa? Tem coisa mais horrível do que Banheiro Masculino? Daí dá pra imaginar um pouco do mundo sem Elas. Sua Beleza equilibra nossa vida, torna tudo mais bonito, o céu é mais azul, as flores exalam seu perfume para reverenciá-las, nada mais sublime que a Beleza Feminina;


  • Sua Bravura, quem de nós seria possível de cumprir uma jornada feminina: acordar preparar os filhos, café da manhã, se arrumar, preparar o almoço, ir ao trabalho, chegando de 09 horas de trabalho no mínimo, preparar o jantar, ouvir os problemas dos filhos e esposo, aconselhar todos, arrumar a cama, contar histórias para os caçulas, separar brigas de crianças, participar de reuniões escolares, e feito tudo isso, ter energia para fazer amor com seu esposo como se nada disso tivesse acontecido;
  • Já pensou um mundo sem Playboy, sem Novelas, sem Garota de Ipanema, Xuxa, Luana Piovani, Ivete Sangalo, Dilma Rousseff, Maria Betânia, Clarisse Lispector, Cecília Meireles, Elba Ramalho.


Paro e fico pensando como seria da minha Vida sem:

Rilda: Mãe, a culpada por tudo isso, a mulher que me ensinou tudo e mais um pouco, que herdei dela essa diplomacia que tenho de procurar agradar a todos e sempre costurar numa briga e apaziguar a situação;


Marias Josés: Avó Materna e Paterna, saudades de seus colos e carinho, quem tem vó sabe do que tou falando;

Tia Neli: Mais Mãe do que Tia, minha tutora, mulher guerreira, devo-lhe muito e me agüenta até hoje, entende minha linguagem, minha Amiga;


Cristiane: Irmã mais velha que também é mais Mãe do que irmã, e foi através dela que aprendi até onde vai o “Amor de uma Mãe”, dedicou parte de sua vida ao seu único Filho Deivid que viveu parte de sua vida numa cadeira de rodas e morreu aos 15 anos, portador de Distrofia Muscular Duchenne;


Adriana: Esposa, outra Pessoa Especial em minha vida, me atura, me agüenta e ainda me dá carinho, atenção, broncas quando erro e me ensina como matar um leão todo dia, é outra guerreira;


Iara: Enteada, além de tudo acima que herdou da mãe, ainda toca violão pra mim e eu a acompanho com o pandeiro, é “minha Tabiquinha”;

Minhas Cunhadas (Nem e Renilda): Por terem aguentados meus irmãos que não é fácil e de quebra ainda me deram lindos sobrinhos;

Rogéria, Caroline, Cibele : Sobrinhas que amo de coração, são as filhas que não tive, onde recarrego minhas energias, nada paga um carinho dado por elas, confesso ouvir dizer: “Titio Júnior” me derrete;

Tia Jailza, Tia Socorro e Tia Nina: Minha eternas professoras de Jardim e Primário, sem elas não estaria escrevendo esse texto;

Enfim poderia ficar citando os nomes de mulheres que fazem parte da minha vida, mas acredito que o tempo seria pouco, portanto ao invés de escrever deixo essa parte para o Imortal Poeta :Victor Hugo, que diz bem em seu Poema “ O Homem e A Mulher”.

Peço desculpas pois não tenho capacidade de citar num simples texto todo valor que uma mulher tem, isso aqui é apenas uma amostra mínima escrita por um simples aprendiz.

Feliz dia Internacional da Mulher a todas e obrigado por fazerem parte da minha História:
   
O Homem e a Mulher
Victor Hugo

O homem é a mais elevada das criaturas.
A mulher é o mais sublime dos ideais.

Deus fez para o homem um trono.
Para a mulher, um altar.
O trono exalta.
  O altar santifica.

O homem é o cérebro; a mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz; o coração produz Amor.
A luz fecunda.
O Amor ressuscita.

O homem é forte pela razão.
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence.
As lágrimas comovem.

O homem é capaz de todos os heroísmos.
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece.
O martírio sublima.

O homem tem a supremacia.
A mulher, a preferência.
A supremacia significa a força.
A preferência representa o direito.

O homem é um gênio; a mulher, um anjo.
O gênio é imensurável; o anjo, indefinível.
Contempla-se o infinito.
Admira-se o inefável.

A aspiração do homem é a suprema glória.
A aspiração da mulher é a virtude extrema.
A glória faz tudo grande.
A virtude faz tudo divino.

O homem é um código.
A mulher, um evangelho.
O código corrige.
O evangelho aperfeiçoa.

O homem pensa.
A mulher sonha.
Pensar é ter no crânio uma larva.
Sonhar é ter na fronte uma auréola.

O homem é um oceano.
  A mulher um lago.
O oceano tem a pérola que adorna.
O lago, a poesia que deslumbra.

O homem é a águia que voa.
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço.
Cantar é conquistar a alma.

O homem é um templo.
A mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos.
Ante o sacrário nos ajoelhamos.

Enfim, o homem está colocado onde termina a terra.
  E a mulher onde começa o céu.