2 de jul de 2010

O que é o "Buscapé, Muscapé ou Limalha" ?

O Buscapé ou Muscapé como também é conhecido é um fogo de artifício que quando aceso projeta uma faixa de fogo e percorre o espaço com grande velocidade.


Feito de forma cilíndrica os tradicionais por um pedaço de bambú ou taboca com cerca de 15cm de comprimento e seu diâmetro varia, tendo várias bitolas, amarrado de cordão, e as extremidade é tampada de barro.
Hoje trocaram a taboca por canos de PVC, leia-se Eletrodutos(Canos Pretos).

Vamos ao passo a passo pra que possamos conhecer melhor o processo de fabricação do Buscapé, Muscapé ou Limalha:
  1. Uma ponta da taboca ou cano é tampada com barro ralado socado com um pedaço de ferro cilíndrico com bastante força.;
  2. Feita essa parte no fim de todo processo essa mesma extremidade vai receber o breu, que evitará que exploda e sai o barro;
  3. Uma vez, socado o barro, é a vez de preencher de pólvora preta, cada colher de sopa dá-se cerca de 20 a 30 pancadas com o mesmo ferro cilíndrico que tem a bitola mais fina que o cano de bambú ou taboca, preenchido é hora de tampar a outra extremidade com barro novamente;
  4. Nesta última ponta uma vez tampado, é furado com uma broca cuja bitola vai depender da bitola do bambú, vale salientar que o que define a velocidade do buscapé é a bitola da furação e a qualidade da pólvora;
  5. No caso dos "Limalhas" que é um buscapé mais feroz, mistura-se junto com a pólvora a limalha(particular miliétricas de ferro ou alumínio) que serve para dá mais vida e beleza a faixa quando aceso;
  6. Uma vez furado com a broca ultrapassando o barro até chegar na pólvora é hora de preencher esse espaço com pólvora colocado em mínimas quantidades e levemente socado com um palitinho de madeira;
  7. Feito isso é colocado nesta mesma ponta uma mistura de cola e pólvora que vai servir de "estopim" para ascender o buscapé ou limalha, esse pequeno processo dá-se o nome de "escova";
  8. Por fim faz-se uma embalagem com papel pra cobrir a escova e pronto está terminado o buscapé ou a limalha.
Vale lembrar que todo esse processo de fabricação deverá ser feita apenas por profissionais devidamentes cadastrados pela Prefeitura e Exército Brasileiro pois trabalham com pólvora, que é material explosivo e tal manuseio é regido pelo Exército Brasileiro.