15 de fev de 2013

"Dá a César o que é de César ..." PM dá Show em Carnaval de João Alfredo - PE

Sempre tive a fama de chato e linguarudo, quando tenho meus direitos ameaçados abro a boca mesmo, doa a quem doer, pois já dizia o filósofo alemão Friedrich Nietzsche: 
" A PALAVRA MAIS OFENSIVA E A CARTA MAIS GROSSEIRA SÃO MELHORES E MAIS EDUCADA QUE O SILÊNCIO"

Temos muito direitos e eles foram criados para serem cobrados e respeitados.

A Polícia Militar por exemplo hoje passa por uma transição, vejo uma mudança embora sutil - pois mudança de Cultura leva décadas - mas percebo avanços e isso me deixa muito contente.

Houve uma época em que quando não se tinha vocação alguma restava como profissão: Policial Militar ou Caminhoneiro.

Isso era no século passado, hoje a coisa mudou e muito.

Vi recentemente uma vaga para Caminhoneiro em SUAPE-PE, exigia simplesmente:

  • Ensino Médio Completo;
  • Informática;
  • Inglês 
  • Espanhol
Salário básico de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), acreditem. 

Tenho a cópia do anúncio quem quiser é só pedi que mando por e-mail

Assim também é a Carreira de Policial Militar hoje, fiz o concurso por duas vezes e não consegui passar pois além de não estudar o bastante, o nível das que fiz foi alto.

O reflexo disso percebi em João Alfredo, ano passado o Delegado Dr Paulo Gondim em parceria com a Polícia Militar do 22º BPM desencadearam uma operação onde prenderam 19 (dezenove) pessoas sem dar um tiro sequer.

Essa é a Polícia de hoje, a Polícia que trabalha com a Inteligência, sem precisar bater ou gritar para mostrar autoridade.

Já se foi o tempo em que os próprios meliantes não conheciam seus direitos, hoje com Celulares que fotografam e filma, junto com as redes sociais as coisa mudaram e muito.

Todo cuidado é pouco.

Presencie um fato no Carnaval de João Alfredo-PE onde fiquei de boca aberta com o preparo do Sgt Fábio e seus subordinados que estavam na escala do dia 12/02/13 - terça-feira de Carnaval.

Em frente ao Palco do Corredor da Folia (Rua Cel José Ferreira, frente a Matriz de João Alfredo-PE) um Cidadão, aparentando ter uns 50 anos de idade, totalmente embriagado, bebendo com um Litro de Wisk Teachers colocou o mesmo no Palco, oferecendo risco aos que dançavam em frente ao mesmo, pois a qualquer hora poderia cair e bater na cabeça de alguém, ou até mesmo serviria de arma para agredir alguém.

Os Soldados Araújo e demais companheiros se aproximaram e abordaram o mesmo com muito profissionalismo e educação, sem agressão alguma e colocaram a bebida em um recipiente de plástico.

Com a saída dos Policiais Militares o mesmo jogou fora a garrafa de plástico e comprou outro litro de vidro e colocou no mesmo lugar em frente ao Palco.

Eu mesmo avisei ao Sgt Fábio que reuniu e tropa e se dirigiu ao local,confesso que esperei uma abordagem mais retrucada por parte do Sgt Fábio, haja vista a reincidência do fato.

Pasmem!

O Sgt Fábio conduziu o cidadão pacientemente e conversou cerca de 40 minutos, eu mesmo tinha perdido a paciência, mas o Sgt Fábio e equipe foi ao ápice do profissionalismo reconhecendo o mesmo como um doente do Álcool e com muito jeito e um grande poder de persuasão convenceu o mesmo para ir para casa pois já estava num alto grau etílico.

Não só eu mas todos os cidadãos que presenciaram o fato em frente a Delegacia na Praça Manoel Cavalcanti elogiou o papel da Polícia Militar que nos surpreendeu com uma postura digna de aplausos. 

Portanto fica aqui meus aplausos para a equipe do 22º BPM que garantiu de forma exemplar e inteligente a segurança dos foliões de João Alfredo.

Não sou dono da verdade mas apenas estou relatando o que presenciei.

Parabéns:
Major Leonardo de Lima Silva;
Capitão Lopes
Sgt Fábio
Sgt Silas
CB Santos
Sd Araújo
Equipe da ROCAM
Equipe do GATI
Sd Feliciano e demais que agora fiquei refém da memória.

São profissionais desse nível que alimentam nossa missão de melhorar esse País.

Acreditem!!!


Adm. Benízio Elias da Silva Filho
CRA-PE 6872